Pipoca com guaraná – lembre-se disso na fila do cinema

Saulo Paiva

Até hoje, mais de 25 anos depois de lançado, o jingle “Pipoca com Guaraná” da Guaraná Antártica ainda influencia a escolha de qual refrigerante deve acompanhar a pipoca nas filas dos cinemas e seções em casa.

Transcrição do jingle Pipoca com Guaraná

Pipoca na panela
Começa a arrebentar
Pipoca com sal
Que sede que dá

Pipoca e guaraná
Que programa legal
Só eu e você
E sem piruá!
Que tal?

Quero ver pipoca pular
(pipoca com guaraná)

Eu quero ver pipoca pular
(pipoca com guaraná)

Quero ver pipoca pular, pular
Soy loca por pipoca e guaraná

Ah, ah, Guaraná!

O compositor César Brunetti, inspirado pela idéia de “Pipoca e alguma coisa” de Nizan Guanaes, criou o jingle para a campanha publicitária da Guaraná Antártica em 1991 na Agência DM9DDB em parceria com a MCR. O foco na época era atingir os adolescentes, grupo que não estava entre os principais clientes da empresa. Por isso, a pipoca foi escolhida para completar o Guaraná, já que pipoca era — e ainda é — o produto mais consumido dentro dos cinemas e consequentemente por adolescentes.

Quem se beneficiou sem gastar nada com isso, foram os vendedores de milho de pipoca, que tiveram um aumento nas vendas impulsionado pela propaganda do refrigerante naquela época.

O próprio César Brunetti criou uma campanha associada, que também virou hit na época: Pizza com Guaraná.

Transcrição do jingle Pizza com Guaraná

Eu não vejo a hora
De te cortar
Te ver mais uma vez
Te saborear
Meia Mussarela, meia Aliche ou Calabresa,
Romana, Quatro-queijos, Marguerita e Portuguesa

Como é bom te ver
Você chegou na hora “H”
Adoro pizza com guaraná

Prêmios

  • “Lâmpada de Ouro” na décima terceira edição do Festival Brasileiro do Filme Publicitário;
  • Grande Prêmio Cidade do Rio de Janeiro;
  • Escolhido como um dos “7 mais” da publicidade brasileira em uma pesquisa realizada pela revista ABOUT do Rafael Sampaio, com 250 formadores de opinião da publicidade brasileira.

Reedições

  • Carlinhos Brown cantou uma reedição do jingle em 2008;
  • Claudia Leite cantou uma nova reedição em 2011.

E vamos celebrar, comer qualquer coisa… com Guaraná-ááá!

Author:
Destemido paleontólogo de Chocolate Surpresa, mestre Pokémon, sobrevivente aos programas de TV daquela época, tampa de dedo do pé arrancada, jogador de jokenpô no Master System e que zerou Super Mario às custas dos vizinhos.