Sylvester Stallone

Tárcio Zemel

Todos os que assistíamos filmes de ação dos anos 70, 80 e 90 estamos familiarizados com Sylvester Stallone, que se eternizou em personagens como Rocky, Rambo, Cobra e outros.

Mas poucos conhecem a história e trajetória de Sylvester Gardenzio Stallone, que já começou a sofrer neste mundo no instante mesmo de seu parto e, apesar de muitos contratempos ao longo de boa parte de sua vida, perseverou e conseguiu sucesso como ator, cineasta, roteirista e diretor, servindo de exemplo para gerações inteiras ao redor do mundo.

Para tornar o artigo mais temático, leia enquanto escuta a inesquecível música Survivor – Eye Of The Tiger:

Breve biografia de Sylvester Stallone

Stallone descobriu cedo que rapadura é doce, mas não é mole não. Veja, em ordem cronológica, os momentos mais marcantes da vida do astro.

Infância e adolescência

Sylvester Gardenzio Stallone, mais conhecido como Sylvester Stallone — ou “Sly“, como prefere ser chamado por amigos e parentes por não gostar muito de seu primeiro nome –, nasceu em 6 de julho de 1946, num dos bairros mais pobres da cidade de Nova Iorque.

Já em sua chegada ao mundo, descobriu que a vida não facilitaria: sua mãe, Jacqueline Stallone, teve complicações no parto e os obstetras tiveram que apelar para o uso de fórceps. Infelizmente, os médicos foram imperitos e não manusearam bem o aparelho, cortando um nervo que causou a paralisia do lado inferior esquerdo de seu rosto, incluindo partes do lábio, queixo e língua.

Sylvester Stallone aos 70 anos de idade.

Viram o ano em que o cara nasceu? Nessa foto o Stallone está com 70 anos de idade. SE-TEN-TA!

Ainda bem novo, Sylvester viu seu pai, Frank Stallone, abandonar o lar devido ao casamento problemático que vivia, não provendo qualquer assistência à ex-mulher e filhos que deixara para trás.

Sylvester Stallone em várias idades.

Devido a seus difíceis primeiros anos de vida, regados a pobreza e apelidinhos que recebia por ter o rosto paralisado, já aos 15 tinha sido expulso de mais de 14 escolas (!) por ser encrenqueiro — envolvia-se constantemente em brigas, acendia isqueiros, atirava flechas pegando fogo pela janela, roubava os crucifixos das freiras e muitas outras encrencas e traquinagens (incluindo quebrar sua clavícula ao se atirar pela janela para voar como o Super-Homem)  — e foi enviado a um internato para jovens problemáticos na Filadélfia. Foi nessa instituição que Sylvester teve seus primeiros contatos com Artes Cênicas, Artes Dramáticas, Dramaturgia e toda essa linha artístico-performática.

Foi também no internato que começou a paixão por atividades físicas e aprimoramento corporal — o que o pessoal mais metido atualmente chama de bodybuilding –, o que, nos anos 60, deu ensejo à uma bolsa de estudos num colégio na Suíça, o American College of Switzerland (ou Colégio Americano da Suíça), que conseguia bancar oferecendo aulas de Educação Física e fazendo bicos como guarda-costas.

Idade adulta pré-estrelato

De volta à América, em 1967, ainda trabalhando como professor de Educação Física, ingressou na University of Miami (ou Universidade de Miami), também com bolsa de atleta, para aprimorar os estudos nas artes dramáticas e arriscar os primeiros passos como roteirista profissional. Não se sabe se pelo motivo de seus professores o desencorajarem constantemente à carreira de ator, fato é que Sly abandonou o curso pouco antes de se formar.

No início dos anos 70, já morando em Hollywood, Stallone finalmente conseguiu seu primeiro papel: foi escalado para um filme pornô!

Sylvester Stallone em um filme pornográfico.

( ͡° ͜ʖ ͡°)

Não é um papel de orgulho para a maioria, mas Stallone explicou que, depois de ter sido despejado de seu apartamento e dormir durante quase 1 mês numa estação de ônibus, era entrar na personagem (no bom sentido) e receber o cachê de 100 dólares por dia ou partir para o mundo do crime. Nas palavras do próprio, “era ou fazer aquele filme ou roubar alguém, porque eu estava no fim — realmente no fim — das minhas forças“.

As coisas realmente não iam bem para Sylvester Stallone. A falta de dinheiro era tão crítica que ele chegou a pegar as jóias de sua então esposa e as vendeu sem ela saber.

Sly chegou ao fundo do poço quando teve que vender seu cachorro Butkus por não ter mais dinheiro nem para alimentá-lo. Ele ficou parado em frente a uma loja de bebidas oferecendo o animalzinho para todos que passavam, até que alguém resolveu levar o cachorro por 25 dólares. Foi um dos dias mais tristes da vida de Stallone; ele entregou Butkus a um estranho por alguns trocados e saiu dali chorando…

Enfim, a fama!

Sylvester Stallone no papel de Rocky, no Museu de Arte da Filadélfia.

Sylvester ia levando a vida como era possível, garantindo a mixaria em bicos diversos como cabeleireiro, limpador de jaulas no zoológico, lanterninha de cinema… Mas cerca de 2 semanas depois de vender seu cachorro, sua vida começaria realmente a mudar. E para melhor. Muito melhor.

Em 24 de março de 1975, Sly assistiu à luta de boxe entre Muhammad Ali e Chuck Wepner, evento que o inspirou a começar a escrever o roteiro de um certo filme… Filme este que receberia o nome de Rocky (Rocky: Um Lutador, em terras tupiniquins). Sua empolgação foi tamanha que conseguiu escrever (à mão) todo o roteiro em pouco mais de 3 dias!

Batendo na porta de estúdio em estúdio, ele se deparou com a oferta de 125 mil dólares pelo roteiro! No entanto, Stallone tinha um pedido, somente um pedido em relação ao filme: ele mesmo teria que interpretar o papel de Rocky, do contrário, nada feito. A resposta foi negativa; alegavam que, além de ele ser um completo desconhecido, “tinha um rosto engraçado e falava engraçado”. Sylvester foi embora sem fechar negócio.

Depois de algumas semanas, o mesmo estúdio entrou em contato aumentando a oferta: 250 mil dólares, mas Sylvester não participaria do elenco. A oferta não foi aceita. Nova proposta: 350 mil dólares! Como ele continuaria não sendo o protagonista, recusou novamente.

Depois de muito jogo duro, o estúdio resolveu aceitar que Stallone atuasse no papel principal, mas fecharam o valor da compra dos direitos do script pela bagatela de 35 mil dólares — dez vezes menos!

A partir daí, como dizem, o resto é história: Rocky foi lançado em 1976 e teve o faturamento de 225 milhões de dólares de bilheteria, recebendo 10 indicações ao Oscar, incluindo o de Melhor Ator e Melhor Roteiro Original, vencendo as categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Edição. Sylvester Stallone acabara de entrar no mapa e na história de Hollywood.

Como Stallone conseguiu seu cachorro de volta

Sylvester e Butkus

Sylvester e Butkus na memorável escadaria do Museu de Arte de Filadélfia

Quando vendeu os direitos de Rocky, a primeira atitude que Sly tomou ao colocar a mão na grana foi tentar recuperar seu cachorro! Ele ficou parado naquela mesma loja de bebidas durante 3 dias, até que o sujeito passasse por ali com Butkus.

Quando isso finalmente aconteceu, ele explicou como sua vida tinha mudado e ofereceu 100 dólares, mas o malandro recusou. Então, ofereceu 500 dólares, que também foram recusados. Dobrou a oferta: 1.000 dólares pelo cachorro. Mas, mesmo assim, o sujeito era irredutível (ou muito esperto).

Depois de muita negociação, finalmente Sly conseguiu recuperar seu amigo Butkus pelo montante de 15 mil dólares! E mais: parte do acordo era que o indivíduo que tinha vendido o cachorro de volta para Stallone aparecesse no filme. Isso mesmo, o fulano revendeu o cachorro por 60.000% a mais e ainda exigiu fazer uma ponta no filme!

Filmes de Sylvester Stallone

Estrela da Fama de Sylvester Stallone em Hollywood.

Estrela de Sylvester Stallone na Calçada da Fama, em Hollywood.

Na sequência de Rocky, Rocky II (1979), Stallone, além de ter escrito o roteiro, também entrou como diretor. O filme continuou na trilha de sucesso de seu antecessor, arrecadando 200 milhões de dólares. Como todos sabemos, Rocky teve várias outras sequências que também fizeram sucesso no mundo todo. A outra franquia mais conhecida de Sylvester Stallone é Rambo, que teve seu primeiro filme lançado em 1982 e também contou com várias sequências.

Alguns filmes do Stallone são mais conhecidos aqui no Brasil, como os próprios da franquia Rocky e Rambo, Stallone Cobra, Falcão, O Demolidor e, mais recentemente, Creed: Nascido Para Lutar e os da franquia Os Mercenários. Mas poucos sabem que ele já participou de mais de 60 filmes, em diversos papéis na frente e atrás das câmeras — fora programas para a TV e contribuições musicais.

Confira a lista completa de filmes escritos e/ou dirigidos e/ou estrelados por Stallone desde que ele era somente um quase-mendigo tendo que dar duro para sobreviver:

AnoTítulo
1969Downhill Racer
The Square Root
1970O Garanhão Italiano (The Party at Kitty and Stud’s)
The Sidelong Glances of a Pigeon Kicker
As Mil Faces do Amor (Lovers and Other Strangers)
Sem Refúgio (No Place to Hide)
1971Bananas (Bananas)
Klute – O Passado Condena (Klute)
1974Os Lordes de Flatbush (The Lords of Flatbush)
1975Capone (Capone)
Corrida da Morte – Ano 2000 (Death Race 2000)
O Último dos Valentões (Farewell, My Lovely)
O Prisioneiro da Segunda Avenida (The Prisoner of Second Avenue)
Mandingo
1976Cannonball
Rocky: Um Lutador (Rocky) Assista agora
1978F.I.S.T.
A Taberna do Inferno (Paradise Alley)
1979Rocky II – A revanche (Rocky II) Assista agora
1981Falcões da Noite (Nighthawks)
Fuga para a Vitória (Escape to Victory)
1982Rocky III – O Desafio Supremo (Rocky III)  Assista agora
Rambo: Programado para Matar (First Blood)
1983Os Embalos de Sábado Continuam (Staying Alive)
1984Rhinestone – Um Brilho na Noite (Rhinestone)
1985Rambo 2 – A Missão (Rambo: First Blood Part II)
Rocky IV (Rock IV) Assista agora
1986Stallone Cobra (Cobra) Assista agora
1987Falcão – O Campeão dos Campeões (Over the Top) Assista agora
1988Rambo 3 (Rambo III)
1989Condenação Brutal (Lock Up)
Tango & Cash – Os Vingadores (Tango & Cash) Assista agora
1990Rocky V (Rocky V) Assista agora
1991Oscar – Minha Filha quer Casar (Oscar)
1992Pare! Senão Mamãe Atira (Stop! Or My Mom Will Shoot) Assista agora
1993Risco Total (Cliffhanger)
O Demolidor (Demolition Man) Assista agora
1994O Especialista (The Specialist)
1995O Juiz (Judge Dredd)
Assassinos (Assassins) Assista agora
1996Daylight (Daylight) Assista agora
1997Cop Land: Zona Exclusiva (Cop Land) Assista agora
199854 (54) Assista agora
FormiguinhaZ (Antz)
2000O Implacável (Get Carter) Assista agora
2001Alta Velocidade (Driven)
2002D-Tox
Missão Perigosa (Avenging Angelo)
2003Taxi 3 ( Taxi 3)
Pequenos Espiões 3 – Game Over (Spy Kids 3-D: Game Over) Assista agora
Shade – Nos Bastidores do Jogo (Shade)
2006Rocky Balboa (Rocky Balboa) Assista agora
2008Rambo IV (Rambo) Assista agora
2009Kambakkht Ishq
2010Os Mercenários (The Expendables)
2011O Zelador Animal (Zookeeper) Assista agora
2012Os Mercenários 2 (The Expendables 2) Assista agora
Alvo Duplo (Bullet to the Head) Assista agora
2013Rota de Fuga (Escape Plan) Assista agora
Homefront
Ajuste de Contas (Grudge Match) Assista agora
2014Os Mercenários 3 (The Expendables 3) Assista agora
Reach Me: O Livro (Reach Me) Assista agora
Lennon or McCartney
2015Creed: Nascido Para Lutar (Creed) Assista agora
2016Heróis da Galáxia: Ratchet e Clank (Ratchet & Clank) Assista agora
2017Guardians of the Galaxy Vol. 2
Animal Crackers

Curiosidades sobre a vida de Sylvester Stallone

Os produtores daquele “filme para adultos” que Sly tinha participado no passado pegaram carona no sucesso de Rocky e relançaram o filme com o título O Garanhão Italiano, apelido que a personagem realmente tinha na estória.

Stallone foi o 3º profisional a ser indicado como ator e roteirista em um mesmo ano do Oscar. Apenas Charles Chaplin, por O Grande Ditador, e Orson Welles, por Cidadão Kane, haviam conseguido este feito.

Dos 5 filhos, teve 2 com Sasha Czack, Sage Stallone — que atuou em Rocky V (1990) e Daylight (1996) — e Seargeoh Stallone, e 3 com Jennifer Flavin, Sophia Rose Stallone, Sistine Rose Stallone e Scarlet Stallone.

Processou e ganhou a causa na justiça contra o escritor Peter “Taki” Theodoracopulos e a revista inglesa “The Spectator”, em 1991, por terem dito que ele agiu de maneira covarde e hipócrita ao “mergulhar” e retratar a Guerra do Vietnã.

Stallone foi indicado para a personagem John McClane no clássico de ação Duro de Matar, mas recusou, passando a bola para — quem diria — Bruce Willis.

Sly teve uma grande surpresa na cerimônia do Oscar de 1977, ocasião em que fazia o anúncio dos vencedores da categoria Melhor Atriz Coadjuvante: enquanto estava concentrado olhando para as câmeras, não percebeu Muhammad Ali em pessoa se aproximando. “Você roubou meu roteiro”, brincava o lendário pugilista, enquanto ele e Stallone ensaiavam alguns golpes. “Tudo isso era eu, eu sou Apollo Creed!”.

Em 1997, Sly foi eleito pela revista Empire como o nº 92 na lista “100 Maiores Estrelas de Cinema de Todos os Tempos”.

Foi sócio dos astros Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger na cadeia de restaurantes Planet Hollywood.

Sylvester recebeu “apenas” 60 mil dólares de cachê para atuar em Cop Land (1997) porque, segundo ele, era uma maneira de sair do estereótipo de herói de filmes de ação.

Stallone é também pintor, colecionador de arte, escritor e jogador de pólo. Seus quadros neo-expressionistas valem aproximadamente 40 mil dólares e sua coleção milionária inclui obras de Rodin, Botero, Monet, Dali e Warhol.

Em 2010, Sly se envolveu numa polêmica ao fazer piada sobre a facilidade de se fazer filmes no Brasil, “onde davam até macacos” depois de destruir tudo. Preocupado com a repercussão, pediu desculpas ao povo brasileiro através dos meios de comunicação e afirmou ter sido infeliz em sua tentativa de ser engraçado.

Sylvester Stallone: o mito

Tudo bem, Stallone já apareceu em indicações ao Framboesa de Ouro mais vezes do que muitos astros de Hollywood — sendo “campeão” pelo record de 30 indicações e 10 vitórias em 2004 — ; não é uma figura muito aprazível; muito menos tem a melhor das interpretações da história do cinema. Mas, querem saber? O cara é um mito!

O melhor de Sly é sua perseverança, sua “garra” para sempre continuar e seguir em frente e sua disposição em prosseguir mesmo quando tudo e todos dizem que não dará certo. Direta e indiretamente, ele passa essas suas características mais importantes em seu filmes, o que, acredito, contribuiu e contribuir bastante em sua carreira.

Não ter dinheiro é ruim, muito ruim. A vida não será fácil. Oportunidades passarão por você ser um ninguém. Pessoas vão querer seu produto e não você. É um mundo cruel. Se você ainda não é famoso, ou rico, ou bem conectado você vai achar ainda mais difícil. Portas se fecharão, pessoas roubarão sua glória e esmagarão sua esperança, você vai se esforçar, se esforçar e nada acontecerá. Então, desolado, quebrado, pobre, você aceitará trabalhos que não o completam por sobrevivência. Quem sabe pode até acabar dormindo na rua. Mas nunca deixem que destruam seu sonho. Seja o que for que aconteça continue sonhando, mesmo quando esmagarem sua esperança continue sonhando, mesmo quando te deixarem sozinho continue sonhando. Ninguém sabe do que você é capaz a não ser você mesmo. Enquanto você estiver vivo, a sua história ainda não acabou!

Quando ele tem um sonho, faz de tudo para conseguir realizá-lo, não importa o que seja ou quanto tempo demore. Coloque-se em seu lugar em situações como a que aceitou receber 10 vezes menos por seu roteiro para conseguir atuar ou quando gastou metade do primeiro dinheiro de verdade que tinha ganhado para reaver seu cachorro. Poucos são os que têm culhões para isso. No mundo!

Através das mensagens e exemplos passados em seus trabalhos — até dos filmes “brucutu”, que ensinavam honra, masculinidade, coragem, força e muitas outras características que estão em falta hoje em dia  –, Sly conseguiu abrir espaço e conquistou seu lugar de destaque, entrando para sempre na história do cinema mundial.

Com todo o meu respeito e admiração, para o mito Sylvester Stallone.

Author:
Cria do interior de MG dos anos 80, desde sempre é interessado por videogames, desenhos animados, personagens, curiosidades e quase tudo do que hoje é conhecido como "Cultura Nerd/Geek". Já foi o melhor jogador de "Castlevania: Symphony of the Night" do Brasil.